DEVERAS

No mesmo laço e amor.
Na mesma arte e poesia.
No mesmo gesto e calor.
Na mesma recepção e alegria.

Na mesma limpeza e organização.
No mesmo pranto e dissabor.
Na mesma ruga e preocupação.
No mesmo riso e alvor.

Na mesma emoção e partida.
Na mesma luz e saída.
Na mesma guerra e vitória.

Na mesma loucura e utopia.
Na mesma paz e saúde.
Na mesma esperança e juventude.

Jorge Andrade Mangueira (10/01/2015)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s