MARÉ

Daqui eu vejo a maré.
Eu sinto o seu bafo.
Quando ela está de pé,
Cobre o que fotografo.

A água grita o seu volume,
O ouvido ganha costume,
A onda traz inspiração
Pra minha codificação,

O olhar descansa no azul,
O foco mergulha full,
A imensidão me seduz,

O projeto ganha luz
E pesca a diária solução
Que me conduz !

Jorge Andrade Mangueira (05/01/2015)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s